MINISTÉRIO DO TURISMO, PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA APRESENTAM:

Fauna e Flora é um projeto de revitalização das estações do Bondinho, que vai contar um pouco da fauna e flora existente no parque, traduzido em arte.

Muito mais que uma bela vista, o Bondinho Pão de Açúcar é um marco Histórico, pois aos seus pés em 1565, foi fundada a Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Em uma viagem pelo tempo, com a inauguração do teleférico no seu primeiro trecho em 1912, de um olhar visionário e da vontade de conectar as pessoas com a natureza, nesses mais de cem anos muitas coisa mudaram, se modernizaram, mas o olhar visionário e a vontade de trazer as novas conexões segue firme. Poucos sabem, mas o Bondinho do Pão de Açúcar é um parque de preservação ambiental, que tem como um de seus objetivos  não apenas a preservação da Fauna e Flora local, mas a informação dessa riqueza natural ali existente, aos seus visitantes.

E assim surge o projeto Fauna e Flora, como não poderia deixar de ser, nascido na capital mundial da Arquitetura, em um dos mais belos patrimônios históricos da cidade, que após mais de  cem anos de existência, em mais uma iniciativa inovadora, em parceria com a UIA2021 RioExpo e o artista plástico e urbano Bruno Big,  traz a revitalização das estações do Bondinho Pão de Açucar, que vai contar um pouco da fauna e flora existente no parque, traduzido em arte.

Inspirado pela mata e suas cores Bruno Big, foi remontando através de seus traços fluidos a Fauna e Flora, com riqueza de detalhes, as espécies presentes no parque e sua riqueza de variedade em cores e nuances. Como magica em meio aos tons terrosos, esverdeados e uma pitada equilibrada de pontos de luz através das tonalidades vibrantes, do Tie Sangue, Cobra-Coral, Pau-Brasil e Ipê Amarelo entre outras referencias locais, nasce a arte que vai estampar as grandiosas paredes das estações, 2,3 e 4, conectando os visitantes a uma realidade tão rara e ao mesmo tempo ao alcance dos olhos de quem visita o parque.

Essa atmosfera não começa, apenas quando o visitante chega ao Morro da Urca, mas quando ele entra no bonde, que em formato de diamante, começa esse passeio de encantamento e aprendizado, terminando na estação quatro, onde por conta da altitude ao entardecer é possível ver a chegada das nuvens, que tocam o morro do Pão de Açúcar.

 

 

Copyright 2018 - 2021 | UIA 2021 RIO EXPO | All Rights Reserved